sábado, 16 de setembro de 2017

Simão em Maputo para lançamento de Lendas do Barcelona vs Velhas Glórias dos Mambas

*A bola 

Simão Sabrosa, ex-internacional português, novo diretor de relações internacionais do Benfica, integra também a equipa de veteranos do Barcelona, e está em Maputo para fazer o lançamento do jogo entre o Barcelona Legends e Velhas Glórias dos Mambas, previsto para 4 de novembro, no Estádio Nacional do Zimpeto.

O ex-craque português dará a conhecer a história do Barcelona e o que motiva o clube catalão a promover na capital moçambicana um jogo de tal natureza, depois de jogos em Barcelona e Manchester. «É a primeira vez que estou aqui em Moçambique. Venho para organizar o jogo que irá haver aqui em Maputo com o Barcelona Legends. São ex-jogadores, mas estão numa boa condição física e podem dar um bom espectáculo», disse.

A partida enquadra-se no Projecto Barcelona All Stars , cujo objectivo é manter sempre em alto nível a marca do clube espanhol em todo o mundo.

Os antigos craques holandeses Edgar Davis e Patrick Kluivert, o francês Eric Abidal, o espanhol Mendieta, para além de Simão Sabrosa, são alguns dos nomes do Barcelona envolvidos no encontro.

In: A Bola

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Simão Sabrosa já recebeu convite da SAD do Benfica


O Benfica deverá apresentar dentro de poucos dias o nome que irá ocupar o cargo de responsável pela área das Relações Internacionais, que Nuno Gomes acabou por rejeitar. Record sabe que Simão Sabrosa já foi convidado pela SAD dos encarnados para assumir a nova ‘pasta’. O antigo futebolista deverá aceitar a proposta, pois era seu desejo voltar ao meio.

A confirmar-se, tratar-se-á de um regresso à Luz, depois de ali ter passado seis temporadas de águia ao peito, entre 2001 e 2007, antes de sair para o Atlético Madrid, num negócio que envolveu perto de 20 milhões de euros. Simão Sabrosa terminou a carreira de futebolista em 2015, no NorthEast United, da liga indiana, e é atualmente comentador na Sport TV.

In: Record

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Simão Sabrosa e uma bola de ténis? É possível e o resultado foi este...

video
 
Numa iniciativa que juntou alguns ex-jogadores do clube, o Barcelona convidou Simão Sabrosa e desafiou-o a dar toques com... uma bola de ténis.

No frente-a-frente com Guillermo Amor e Quique Estebaranz, o português acabou por dar show.

In: Record

domingo, 13 de agosto de 2017

Simão Sabrosa em férias paradisíacas

*Record

O ex-internacional português Simão Sabrosa está de férias na Califórnia, EUA, com a mulher, Vanessa Rebelo e tem partilhado vários momentos desta viagem nas redes sociais.

 Entre passeios a cavalo e almoços com amigos, o antigo futebolista e a decoradora têm aproveitado para passear e namorar.

A imagem que a mulher do ex-jogador do Benfica publicou mostra isso mesmo. O casal está junto há cinco anos e tem um filho em comum

In: Record

sábado, 1 de julho de 2017

1-3: O Barça Legends faz magia e o United, golos

*FC Barcelona


Lendas do Barcelona e Manchester United realizaram um particular no Camp Nou, esta sexta-feira, com o intuito de angariar fundos para ajudar na construção de um Centro Oncológico Infantil e os Red Devils venceram por 3-1, numa partida em que os craques do Barça pensaram mais no espectáculo do que no marcador.

Neste tipo de jogos, o resultado nunca é o mais importante e deste encontro há a salientar os pormenores técnicos e a combinação artística entre Ronaldinho e Rivaldo, que atuaram na frente de ataque dos culés, juntamente com Simão Sabrosa e Giuly.

Blomqvist abriu o ativo, o ex-Benfica Karel Poborsky fez o segundo e Yorke fez o 0-3. Perto do fim, o francês Déhu reduziu para o Barcelona.

In: Mais Futebol

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Jogo de Lendas: Simão Sabrosa treina em Camp Nou

*FC Barcelona

O Barça Legends (lendas do Barça) continua a sua preparação para o jogo contra o Manchester United Legends que acontecerá esta sexta-feira, às 19h (hora local), 18h em Portugal. 

Este jogo tem um cariz solidário, sendo que toda a receita reverterá a favor do projeto PCCB (Pediatric Cancer Center Barcelona), do Hospital San Juan de Dios que tem como missão garantir o tratamento oncológico a todas as crianças doentes.

Simão Sabrosa que se fez acompanhar do filho Martim e do enteado Rodrigo, juntamente com as outras lendas do clube catalão treinaram, esta quinta-feira, no estádio de Camp Nou, logo depois da conferência de imprensa de José Mari Bakero, Belletti e Nadal.  

A maioria dos protagonistas puderam treinar nesta sessão preparatória que decorreu no mesmo estádio onde, esta noite, irão mostrar, de novo, o seu futebol a todos os "barcelonistas".





Por: Simão Sabrosa Fãs/ FC Barcelona

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Simão Sabrosa participa em jogo solidário entre lendas do Barcelona e Manchester United

*FC Barça Legends

Ex-futebolistas do FC Barcelona e do Manchester United, entre eles Simão Sabrosa, vão disputar um jogo solidário para a luta contra o cancro infantil na sexta-feira, no Camp Nou, Barcelona.

Simão Sabrosa voltará a vestir a camisola do ‘Barça’ no estádio do clube catalão, para disputar uma partida frente a ex-futebolistas do clube inglês, num evento solidário em que são esperados cerca de 40.000 adeptos.

Os preços de entrada na partida rondam os 10 e os 21 euros e o montante alcançado destina-se na totalidade à construção de um novo centro de investigação contra o cancro infantil no hospital Sant Joan de Deu.

Ao lado de Simão Sabrosa estarão Ronaldinho e Rivaldo, ambos Bola de Ouro, juntamente com Angoy, Guzmán, Juan Carlos Rodriguéz, Popescu, Nadal, Belletti, Andersson, Dehú, Edmilson, Davids, Goikoetxea, Mendieta, Giuly, Julio Salinas, Amor, Ezquerro, Lluís Carreras, Quique Estebaranz e Kluivert.

Pelo emblema do Manchester United vão estar os ex-jogadores Van der Gouw, Pilkington, Beardsmore, Berbatov, Blomqvist, Brown, Djordjic, Johnsen, Martin, Saha, Ji Sung Park, Poborsky, Ritchie, Thornley, Silvestre, Alan Smith, Dwight Yorke e Webber.

In: DNotícias.pt

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Simão Sabrosa: «Fernando Santos é como um pai»

*Alamy Stock Photo

Simão Sabrosa garante que lhe bastou uma época no Benfica para ter uma relação especial com o agora selecionador nacional Fernando Santos.

"Trabalhei com Fernando Santos um ano no Benfica, mas foi o suficiente para ficarmos amigos, para termos uma relação muito boa. É como se fosse um pai para mim. Cristiano Ronaldo? É o melhor do mundo, continua a fazer muitos golos, a bater recordes, mas não nos podemos esquecer também dos outros 22 jogadores que são importantes, nos seus clubes e no nosso país, e que ajudam o Cristiano a chegar a esses êxitos", afirmou esta quarta-feira o antigo internacional português que está em Moscovo para assistir ao jogo entre Portugal e Rússia.

In: Record

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Lembra-se da goleada à Rússia por 7-1? Simão marcou nesse jogo

*Sapo Desporto

Apesar de sentir sempre muitas dificuldades quando se desloca a solo russo, Portugal acaba por ter um registo global bastante positivo, com um total de seis vitórias, um empate e três derrotas, incluindo 14 golos marcados e nove sofridos.

O último embate entre Portugal e Rússia aconteceu em Novembro de 2015, num particular que decorreu em Krasnodar e que terminou com a vitória da equipa da casa, por 1-0. Aliás, a seleção lusa nunca conseguiu vencer na Rússia em quatro tentativas e também não marcou qualquer golo, sendo que o melhor que conseguiu foi um empate a zero, em 2005.

Em Moscovo, ainda durante existência da União Soviética, a formação lusa sofreu uma pesada derrota por 5-0, em pleno apuramento para o Europeu de 1984, e, na luta por um lugar no Mundial2014, voltou a viver novo desaire, desta vez por 1-0, em 2012.

Pelo meio, em 2005, na corrida para o Mundial2006, Portugal saiu de Moscovo com um empate a zero, aquele que é até hoje o seu melhor resultado nesse país de Leste, mas ainda assim sem qualquer golo marcado

O cenário muda complemente quando Portugal joga em casa, pois os russos saíram sempre derrotados nas três vezes que se deslocaram a solo luso, incluindo uma pesada goleada por 7-1, em Alvalade, no final de 2004, em jogo a contar para o apuramento para o Mundial'2006.

Nesse jogo, Cristiano Ronaldo e Petit marcaram, ambos, dois golos, enquanto Pauleta, Deco e Simão também contribuíram para uma das vitórias mais expressivas de sempre da seleção portuguesa.

Em 1983, perante a União Soviética, Portugal venceu por 1-0, com um golo de Jordão, no Estádio da Luz, que 30 anos depois, em 2013, voltou a ser palco do novo triunfo luso pelo mesmo resultado, mas com Hélder Postiga a ser o ‘herói’.

Em fases finais, Portugal também acabou sempre por se superiorizar à União Soviética e à sua herdeira, primeiro no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares do Campeonato do Mundo de 1966, que decorreu em Inglaterra, com um triunfo por 2-1, e depois no Euro2004, em Portugal, com uma vitória por 2-0, ainda na fase de grupos.

No Estádio de Wembley, em Londres, golos de Eusébio, que bateu de grande penalidade o lendário Lev Yashin, e Torres, em cima do apito final, deram o terceiro lugar à seleção nacional, enquanto na Luz, Maniche e Rui Costa mantiveram Portugal na luta por um lugar nos quartos de final do Europeu.
Em 1972, num particular que decorreu em Belo Horizonte, no Brasil, a formação das ‘quinas’ venceu por 1-0, com um tento de Jordão, e levantou a Taça Independência.

In: Sapo Desporto

Simão Sabrosa: «Quando entra em campo, Cristiano coloca a capa de super-herói»


Simão Sabrosa está em Moscovo para assistir ao jogo desta quarta-feira entre Portugal e Rússia e falou sobre o momento atual de CR7 e da forma como está a gerir a polémica à sua volta.

"Quando [Ronaldo] entra e campo não se lembra do que está à sua volta. Ele vai a estádios onde é assobiado e não se deixa afetar, faz sempre dois ou três jogos. Está habituado a este tipo de situações, é muito forte psicologicamente e quando entra em campo veste aquela capa de super herói", afirmou o antigo internacional.

«Moutinho é um exemplo»

Simão Sabrosa falou igualmente do facto de Moutinho poder fazer hoje a 100.º internacionalização.
 "Continua a ser um jovem. O João jogou comigo na seleção, é um exemplo, e fico feliz por ele chegar a esse número, nem todos conseguem. Teve uma época fantástica no Mónaco, dou-lhe os parabéns. Que continue por muitos mais anos", concluiu.

In: Record